passaTEMPO

Photobucket

Passaram por aqui

domingo, 15 de agosto de 2010

Certos insetos (o)cultos...

Cupim e traça

13 comentários:

Patrícia Gonçalves disse...

Ótimo!

Sempre gostei das traças, imersas entre páginas de livros, seres cultos, definitivamente!

beijão

Chica disse...

Genial,Tonho!abração,chica e lindo domingo!

Adriana Godoy disse...

Beleza, Tonho. Traças magnificamente. Bom demais!!!!! Beijo.

Noslen ed azuos disse...

..poesia digestiva na visão do inseto: por favor traga-me aquele do kerouac q hoje que estar doido rsrsrs.

genial meu amigo!
ns

Wania disse...

Tonho

Desenho bem traçado este teu! ;)))))

Bjs

Sylvio de Alencar. disse...

Ma vc hein mininu!!!!!
O traços que tracejas traça um rota que nos leva trançando entre imagens e palavras, seguimos risonhos e contentes pelos seus mapas!

Abrçs Tchê!

Cosmunicando disse...

demais!!!

Lara Amaral disse...

Adorei, poema mais do que bem costurado. Que beleza, Tonho!

Beijo.

Mirze Souza disse...

Ah como aprendo aqui, grande Tonho!

Para mim, traças e cupins eram a mesma coisa a comer beiradas e "otras cositas más".

Pelo visto e pela sua poesia, cada um tem sua cadeia-alimentar.A traça-papel...e o cupim-madeira?

MUITO BOM!

Beijos

Mirze

Analuz disse...

É mesmo!!

Muito bem traçado...

Abraço!

Luiza Maciel Nogueira disse...

Adorei o tee poema para o desenho!! Grata! Te sigo!

Bjs

Eraldo Paulino disse...

Eu pensava que a traça era uma sujeira na parede. Eu pensava que a traça era uma sujeira no papel. Mas o buraco que a traça me enfiou me fez parar de pensar...

Abraços, meu caro!

betina moraes disse...

meu pai enterno! que coisa!

formidável!