passaTEMPO

Photobucket

Passaram por aqui

terça-feira, 24 de agosto de 2010

PAR seria!

ESPIONAGEM
Ivan Bueno e Tonho


O olho penetra no buraco
fecha a duras penas
nas pernas pequenas
das meninas do meu adolescer,
ah! dói ser-me NINO. (TONHO)

Observar curvas re)buscadas
descobrir carícias caríssimas
até então, imaginação
tudo num buraco: fechadura
procura por ver mais a NINA.

Destes meandros, sei-os
mas então só intuía
em busca de descoberta
ah, totalmente descoberta
nua em pelo, pelo mais (IVAN BUENO)

e pelo menos, pelo amor
dos meus apelos
desvirginando a inocência
desnudando segredos na decência
secreta no olhar dos pequenos, (TONHO)

mas todo pequeno cresce
e não somente padece do desejo
abre a porta, toca, desfruta, des
cobre
desfaz-se dos pudores aos bons o
dores
fecha
dura, aí, só pra viver o gozo. (IVAN BUENO)



Ivan Bueno é do BLOG:
EMPIRISMO VERNACULAR

18 comentários:

Lara Amaral disse...

Eu amei, amei esta par seria! Seria, não, foi, é! =)

Beijos em vcs, queridos!

myra disse...

outra vez PARABENS!!!!!!
aos dois!

Eduardo P.L disse...

Boa dupla! Grande parceria! Que venha mais!

Cris de Souza disse...

Par seria como foi!

Espio, encaro, esmero esse grande encontro.

Beijo nos dois.

Mirze Souza disse...

Esses meninos que amo!!!!!

Par ser!

Mestre Tonho!

Que bela imagem, como sempre.

Juntou a fome com a vontade de comer!

Ganhamos nós!

Beijos

Mirze

Noslen ed azuos disse...

IVAN E TONHO BUENO(s).

abraços
ns

Luísa disse...

És FANTABULÀSTICO!

e eu, sou tua fã!

Beijinho terno

Por que você faz poema? disse...

Poesia voyeur
para acalentar
a tarde.
Não me canso
de olhar.

Adriana Godoy disse...

Sério? Demais! deu certo essa parceria...duca...duca!! Beijão

Ivan Bueno disse...

Grande Tonho,

Valeu muito este trabalho a quatro mãos, mas você me "driblou".

Anunciei lá no Empirismo que era pra olharem no 6vQcoisa e eu mesmo passei o dia todo olhando e procurando o poema a quatro mãos por lá (rs...).

Pô, que ética é essa? No país do futebol, pós Dunga-Zangado, levei um drible.

Mas, mais uma vez, valeu muito, tchê. Um desenho que gerou um comentário que gerou outro desenho e por fim, e por etapas, virou um poema. Adorei a nomenclatura "poema voyeur"!

Obrigado a todos aqui, também, pelos comentários aqui, neste espaço do mestre Tonho, e lá no Empirismo.

Abraços,

Ivan Bueno
blog: Empirismo Vernacular
www.eng-ivanbueno.blogspot.com

betina moraes disse...

vi lá no blog do ivan,

ficou extremamente bem feito. os dois espiaram pela mesma fechadura!


um beijo.

oócio disse...

Olá, poeta, estou disponibilizando um link para um artigo bacana sobre a condição atual das vanguardas e da poesia visual, para refletirmos:

http://www.merzmail.net/folklorizacion.htm

Um abraço

Wania disse...

Aaahhh, estes guris medonhos, espiando pelos buracos das fechaduras...dá nisso! ;))))


Ficou TRI legal, apesar de um PAR serem!

Bjs nos dois!

Voar sem Hasas disse...

Tonho

Adorei essa par(ceria), pouco séria !!!

Mas que juntaram lembranças e memórias e escreveram a 4 mãos.... (porque cabeça de adolescente é igual para todos).

Mais uma vez o teu é fiel a cada palavra desses momentos de espionagem

jinhos

Raquel de Carvalho disse...

Essa é minha:

Você emburrou
E no quarto foi chorar.

Eu pedi perdão
Mas você disse que vai pensar.

Enquanto isso vou esperar
E do lado de cá eu vou ficar.

E pela fechadura te espiar
Até você me perdoar.




>>> quem sabe assim PAR será... ehehehe

Muito boa, Tonho!

Flor de Lys disse...

Vi seu protesto pô ético lá no Empirismo Vernacular e vim chover aqui também... Trago chuva de ventos... mas uma chuva a passar por fechaduras e por entre frestas de dentaduras...

A parceria ficou ótima, aliás, é!
Pois um par seria se já não fosse...
E é, seu Zé...
aliás,seu Tonho Oliveira...
Primeira vez que venho aqui e virei sempre que houver fechaduras antiéticas para espiar sem pudores empoeirados...

Um abraço da menina dos ventos, enflorecida de ver seus versos lúdicos em outros blog's que sempre visito... pois é, sempre estive a olhar-te pela fechadura de teu versejar.
´
Com carinhos e mimos, Álly.
MuDaNçA dOs VeNtOs
http://floresdevenus.blogspot.com/

Simone Santana disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Simone Santana disse...

Sobre o "Espionagem":

Tonho, Ivan, o trabalho a quatro mãos ficou formidável.

Impressionou-me que tenham alcançado uma linguagem erótica inegavelmente masculina, jocosa, divertida, que atiça a curiosidade, instiga a imaginação e que conseguiu, sem grosseria, com muito bom gosto, expressar uma imagem e contexto excitantes, também, para o público feminino.

Foi imenso o meu prazer de ler, divertida a oportunidade de imaginar.

Parabéns.

Simone S. R. Santana
OBS: o DESENHO - grande sacada!