passaTEMPO

Photobucket

Passaram por aqui

sábado, 28 de abril de 2012

Amargo LAR


A casa desmorona
sei, pois as torneiras pingam
há um ar de assombro
e rachaduras pelos cantos

A casa sente o peso da idade
cada porta que abro
ela arria
cada janela que fecho 
uma saudade

A casa mal deixa o ar passar
entre os aposentos
olho o céu a cabeça destelhada
o lar já se foi há tempos


└ᴀRᴀMᴀЯᴀ┘

5 comentários:

Marcos Satoru Kawanami disse...

"O muro" de Alberto de Oliveira + "Esta casa tem goteira" de Sergio Reis

myra disse...

meu querido Tonho, esta casa se parece a mim...estou desmoronando tbem...
como sempre gostei imensamente!
bjo

BRANCAMAR disse...

Fantástico Tonho, poema e desenho, tem tanto a ver com o que se passa em tantos lares...

Gostei imenso, como sempre.

Beijos

Noslen ed azuos disse...

esta sua imagem tonho é fascinante, já tinha apreciado, agora com esta poesia ficou perfeita, boa, muito parceria!

abraços
ns

Elisa T. Campos disse...

O Gugu do programa de TV reforma toda a casa.

Um abraço